Teto da Capela Sistina - Vaticano. 

O Pecado Original e a Expulsão do Paraíso, de Michelangelo (1508-1512).

O ESPUMANTE

Em meio ao Caos da Pandemia de 2020, a Casa Barrios lança seu primeiro rótulo - Lilith - Em homenagem ao mito da  primeira mulher da Terra.

Em parceria com a Maison Forestier, a Família Barrios, a partir de um blend de uvas da Campanha e Serra Gaúcha, dá à luz uma espumante Rosé e uma Blanc. O resultado alcançado pelo Enólogo Christian Bernardi é simplesmente espetacular, entregando duas jovens espumantes NATURAL BRUT de altíssima qualidade. Conheça. 

A LENDA DE LILITH

Lilith é um dos espíritos femininos mais antigos da história. Sua primeira aparição foi na Epopéia de Gilgamesh, um antigo poema épico da Mesopotâmia de 2000 anos A.C. Posteriormente, ela é mencionada na Bíblia e no Talmud. 

Segundo o Talmud, uma coletânea de textos sagrados do judaísmo rabínico, Lilith foi criada por Deus da mesma forma que Adão. Os dois são o primeiro casal, real-oficial, do Jardim do Éden. No entanto, Lilith se cansa de ser tratada como inferior à Adão, visto que ambos haviam sido criados da mesma forma: à imagem e semelhança de Deus. Rebelando-se, Lilith abandona o Jardim e passa a viver como uma rebelde  no Mar Vermelho.

A Obra de Michelangelo, no teto da Capela Cistina, retrata o momento no qual Lilith retorna ao Paraíso para oferecer à Eva e Adão a Maça do Pecado (ou seria do Conhecimento?), libertando, assim, a humanidade do Paraíso. 

 

Lilith é um espirito feminino que dita suas próprias regras. Uma deusa, uma louca, uma feiticeira. 

E a nossa espumante é em sua homenagem.